Se não é recíproco, não vale a pena!

Se não é recíproco, não vale a pena!

Quantas vezes você já se apaixonou por alguém e teve a sensação de que gostava mais da pessoa do que ela de você? Eu já passei por isso diversas vezes, confesso! Mas olha só, tenho um conselho pra te dar: se não é recíproco, não vale a pena!

Não vale a pena se esforçar tanto por alguém, quando esse alguém não faz o mesmo esforço por você. Não vale a pena percorrer longos caminhos por quem não faria o mesmo por você. Não vale a pena perder noite de sono por alguém que jamais acordaria no meio da noite por você. É necessário ser mais razão e menos emoção em algumas situações.

Tenho diversas amigas que pelo menos uma vez na vida já vieram se lamentar comigo por se envolverem com homens e mulheres que davam a impressão de não estar na mesma sintonia. Por mais que eu tente dar conselhos, cada uma sabe o que o coração pede e o que a cabeça ordena. E não cabe aos outros julgar nossas atitudes, por mais que a gente esteja parecendo ir para um caminho errado. Afinal, é errando desse jeito que muitas de nós realmente conseguimos aprender o que de fato nos faz bem e o que vale o nosso esforço.

Veja também:  Entendi: Eu fui estuprada

Como adoro levantar debates entre algumas amigas, perguntei num dos meus grupo no whatsapp como elas se comportam quando estão gostando de alguém, mas a pessoa em questão não parece saber o que quer. Para Cherry, sentar e conversar é a melhor alternativa. Nada de joguinhos! Devolver com incerteza só piora as coisas e, caso nada mude, pule fora. Beatriz é daquelas mulheres bem objetivas, quer? Legal! Não quer? Cai fora! Mayara acredita que reciprocidade de tratamento, que condiz com a reciprocidade de sentimentos. Pra que perder tempo tratando bem e nutrindo sentimentos por quem nem se importa com isso? Priorize-se! E Fabíola, entrou no debate deixando uma visão tão linda, que deveria ser leitura obrigatória para todas nós:

“Eu sou do tipo que acho que NÃO TEM meio gostar ou meio querer. Ou é recíproco da mesma forma e intensidade ou não é. Se o outro não tem certeza que me quer, EU ENTÃO NÃO TENHO DE MERDA NENHUMA. Eu não posso amar e me dedicar a alguém que não quer na mesma intensidade que eu. Isso é tudo, menos gostar. Como se gosta de alguém que não gosta tanto de nós? NOSSA, ELE NÃO SE INTERESSA TANTO POR MIM… Que incrível. N Ã O! Isso tem que ser um balde de água fria.”

Você deve estar pensando que é muito fácil para mim e para elas falar essas coisas, que na hora do vamos ver, é muito mais difícil. Sim, eu concordo totalmente com isso. Porém, de que vale a pena viver correndo atrás? De que vale a pena amar por dois? Se não é pra compartilhar momentos e sentimentos, qual é o verdadeiro propósito de se relacionar com alguém? Você precisa atrair relações verdadeiras.

Você é maravilhosa demais pra aceitar amores pela metade e incertezas. Pare de se dedicar tanto a quem não merece um terço disso. Então, lembre-se todos os dias, se não é recíproco, não vale a pena!

banner_728banner_728banner_728banner_728

Um comentário

  1. Ótimo! Texto muito bom!
    Vivemos uma sociedade que corre contra a verdade. Nem com a possibilidade de ser verdadeiro, as pessoas conseguem ser verdadeiros e vivemos debaixo de tantas máscaras, que não fazemos ideia de quem nos mesmo somos.
    Acho que o principio da reciprocidade é a verdade, debaixo de todas as máscaras.

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *