Você sabia que os hábitos alimentares influenciam a saúde íntima da mulher?

Não são só elementos externos que influenciam na higiene íntima da mulher, tudo que a gente ingere e consome também interfere nisso. Mas afinal, quais alimentos são bons para a nossa saúde íntima e quais são ruins?

Você sabia que os hábitos alimentares influenciam a saúde íntima da mulher?

Não são só elementos externos que influenciam na higiene íntima da mulher, tudo que a gente ingere e consome também interfere nisso. São diversos alimentos que podem mexer com a nossa saúde, desencadeando o corrimento e doenças como a candidíase. Mas afinal, quais alimentos são bons para a nossa saúde íntima e quais são ruins?

A saúde íntima da mulher é delicada e sensível, necessitando de diversos cuidados especiais para que não ocorra irritação, ardência, odores, fungos, bactérias e até o que você nem imagina, por isso a prevenção é importante e é fácil, é só ficar de olho na alimentação e como você cuida do seu corpo. O Cínicas separou alguns pontos para você se atentar à saúde íntima da mulher, confira!

Alimentos que prejudicam

Dentre os alimentos que prejudicam a saúde íntima da mulher estão a farinha branca, que se torna glicose no organismo, e açúcares, fazendo o pH vaginal mais ácido, levando ao aumento de produção de bactérias no local que ocasiona em candidíase e corrimento.

Outros alimentos que também pioram a saúde íntima são produtos industrializados, com alto teor de gordura ou ricos em leveduras, como cerveja, vinho e vinagre, entre outros. Por isso, atente-se quando for comer ou beber tudo que tenha ligação com esses alimentos.

Alimentos que ajudam

Enquanto existem alimentos que prejudicam a saúde íntima da mulher, também tem os que ajudam e curam essas doenças e sintomas. As bebidas lácteas, lactobacilos e a vitamina C à base de cranberry ajudam nessa caminhada para reequilibrar o pH vaginal. Além disso, a dieta balanceada é de extrema importância na caminhada da prevenção dessas doenças.

Sendo assim, o recomendado é metade do seu prato ser composto por vegetais cozidos e crus, enquanto um quarto dele deve ser de proteínas como a carne, frango, peixe ou ovos, sempre com pouca gordura. Outra parte do prato pode ser completado com leguminosas como grão de bico, feijão, soja, lentilha, etc. E claro, não pode faltar os carboidratos e de preferência integrais, como o arroz, massa, farinha, batata e mandioca, mas tudo sempre sem exagero.

Veja também:  60 mulheres, uma casa e sexo sem vergonha!

Em momentos de café da manhã e lanchinhos da tarde escolha por frutas, iogurtes, biscoitos, cereais integrais e torradas, tudo com baixa quantidade de gorduras. Além disso, ervas também podem ser ótimas para ajudar na saúde íntima da mulher, como o alecrim e o gengibre, que possuem propriedades antioxidantes, antifúngicas e antiparasitárias.

Ah, e para manter a saúde em dia também precisamos nos cuidar de fora para dentro, viu? Continue acompanhando o Cínicas e fique por dentro de vários temas relacionados à nós, mulheres!

banner_728banner_728banner_728banner_728

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *