Primeiro passo no Swing - Festa Liberal

primeiros passos no swing

Tudo começa com coragem em dar o primeiro passo. Contudo, esse realmente é o maior desafio para aqueles que desejam ingressar no universo liberal. No começo, apesar da vontade, medos e preocupações acabam impedindo muitos casais de se aventurarem. Rola o famoso medo do parceiro gostar mais da “outra” e vice versa, insegurança por causa da timidez, preocupação com doenças sexualmente transmissíveis e principalmente, o receio pelo desconhecido, afinal, você estará conhecendo a pessoa que viveu com você até esse momento de uma forma que até então você não conhecia.

Muitos homens e mulheres sentem insegurança até porque o próprio parceiro sugere a participação no meio liberal. Sentem uma sensação de serem menos amados e acabam pensando que estão sendo entregues para outras pessoas. O famoso questionamento “não sente ciúmes de mim?”. O problema é que temos impresso em nós a objetividade do sexo. Tudo parece caminhar para a penetração, então, o primeiro passo no meio liberal parece algo assustador.

Eu ainda me lembro da sensação, do medo que senti antes de ir com meu esposo em uma casa de swing. Praticamente sofri por antecedência! Em minha cabeça, eu seria obrigada transar e seria obrigada ver ele transar. Dois pensamentos perturbadores! Ao chegar lá e ter passado todo o tempo ao lado dele comentando, observando e ainda voltarmos para casa sem sexo, me fez perceber o quanto é maravilhoso quando podemos juntos descobrir algo novo.

Veja também:  Squirt e ejaculação feminina: o que você precisa saber

A dica para o primeiro passo é a observação: o prazer de viver uma aventura que não vai terminar em sexo; poder ir em uma casa de swing, ou uma festa liberal, somente para conhecer as pessoas, descobrir o que elas gostam, e vê-las interagir, para então, entre quatro paredes, decidir com o(a) parceiro(a) o que vocês estariam dispostos a fazer. Deixar as experiências acontecerem é muito melhor do que as fazer acontecer. Ser menos imediatista é a chave do sucesso para o meio liberal. Se permitir conhecer algo novo, sem a obrigatoriedade de fazer algo. Nossa, é simplesmente muito mais suave!

Degrau a degrau… juntos! Um ajudando o outro a subir cada etapa, cada nível, porque swing é amadurecimento constante. Quando você achar que sabe tudo, vai aprender mais, mudar seus sentimentos, e não há mal nenhum nisso!

Veja também:  Sou sádica, e daí?

Sempre temos festas e encontros. Aos iniciantes que estarão conosco eu digo: permitam-se a diversão sem cobrança. Conversem, olhem, deem muitas risadas e estejam juntos nesse primeiro degrau de muitos que ainda irão subir. Aos experientes no meio liberal eu digo: ajudem os iniciantes com a paciência e o respeito que eles merecem, afinal, nós experientes sabemos o quanto é maravilhoso o universo liberal se bem vivido. E aos veteranos da Voluptas: Acolham todos, da forma como vocês sabem acolher. Aquele sorriso e abraço sem segundas intenções, mas que também pode se transformar naquela noite deliciosa e memorável, principalmente para quem estará dando seu primeiro passo na Voluptas ou no Swing! Espero vocês

Beijos

Camila

comentários

  1. Boa tarde Camila adorei suas explicações sobre swing eu tenho mente liberal mas minha esposa se eu falar e ser liberal briga oque posso fazer

  2. Boa noite!
    Adorei sua explicação, eu e minha esposa ainda não entramos nesse mundo, mais conversamos bastante, no nosso caso sou eu que está cheio de receios e ela muito curiosa, no meu caso por ser homem e ter muitos conceitos machista que envolve essa questão ainda me sinto com medo, mais ao mesmo tempo com vontade. Abraço.

    • Já aqui, eu sou louco pra conhecer e minha mulher acha que é bicho de sete cabeças...faca contato conosco..

  3. Boa tarde
    Além do pingente de pimenta e a dama de espadas do baralho, existem outros símbolos ou objetos usados no meio liberal? Se sim quais são eles e seus significados?

  4. Bom dia!
    Como identificar pessoas assim, tenho interesse nesse mundo, minha esposa ainda não, gostaria de conhecer melhor do que não conheço pessoas onde eu moro, talvez tenha e eu não sei identificar.
    Obrigado!

  5. Tenho uma esposa deliciosa uma pretinha safada fogosa tivemos uma experiência com um amigo foi muito gostoso ela esta afim de faser de novo eu também quero mas estou um pouco travado . Mas adoro ver ela transar com outro homem. Ela é maravilhosa na cama e quer muito faser sexo a três com Dp.

  6. Eu tenho muita vontade se ver minha esposa dar para um pauzudo mais ela nao aceita a ideia mais me deixa fantasiar outro comendo ela na hora da tranza até entra na brincadeira quando pesso pra ela falar mete que ele deixa mete que ele gosta de ver será que ela tem vontade se dar pra outro será que vou conseguir realizar minha fantasia se puder ajudar obrigado

  7. Somos do interior de São Paulo. Somos casados a mais de 15 anos...o tesão foi diminuindo. No aniversário dela dei um vestido preto decotado, peças de baixo sexys e fomos jantar em São Paulo. Após, fomos para uma casa de swing em Moema....foi tudo surpresa. Já tínhamos fantasiado em ir em um lugar assim. Nós nos divertimos, cabine, glory, corredor, ela tocou e foi tocada por muitos ...etc....Nossa vida sexual sofreu uma virada gloriosa. Recomendo.

  8. Excelente explicação, parabéns, realmente é assim causa um certo receio ao casal o mais prudente é se permitir ir, conhecer novas pessoas sem a expectativa de que existe a obrigação de se fazer sexo, eu e meu marido saímos, curtimos sexo a 3 seja com meninas ou meninos eu esposa sou bi e ele hetero e não tem prazer maior doque ver ele sendo ele mesmo e eu sendo eu mesma, descobri minha bissexualidade graças a ele e somos muito felizes com isso.

  9. E como eu faço pra saber em quais cidades tem casa de swing? Quando jogo no Google só acho em cidades grandes, sou do interior de São Paulo gostaria de saber se tem um site ou um local mais fácil pra encontrar casas de swing

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *