Pela primeira vez cacheados ganham de cabelos lisos em pesquisas no Google

Cachos

O interesse por cabelos afro cresceu cerca de 309% nos últimos dois anos e, pela primeira vez, o a busca por informações por cabelos cacheados superou o por cabelo liso nas buscas do Google no Brasil.

O estudo, feito pelo Google BrandLab – programa focado em planejamento digital – também apontou que, além disso, atualmente cerca de 1/4 das mulheres com idades entre 18 e 24 anos veem seus cabelos como cacheados. A medida que a mulher vai envelhecendo, essa porcentagem cai gradativamente.

O fato de, historicamente, o cabelo liso ser tido como padrão de beleza, se mostrou no fato de que 1 em cada 3 mulheres, dizem já ter sofrido preconceito por conta do seu cabelo. Além disso, 4 em cada 10 mulheres contaram que já sentiram vergonha de seus cachos. Entretanto, a busca por transição capilar também cresceu 55% nos últimos 2 anos, o que mostra que cada vez mais as donas de cabelos cacheados e crespos estão se aceitando.

Veja também:  Sexualidade e Experimentação Criativa

“Um dos principais fatores que contribuíram para o crescimento nas buscas por cabelos cacheados foi o discurso de empoderamento feminino e de aceitação da própria beleza. (…) Aceitar os cabelos cacheados não só faz parte desse discurso, mas tem um elemento político muito forte, ainda mais quando estamos falando sobre mulheres negras, que são tão pouco representadas na mídia. Aceitar os cabelos cacheados, extrapola a vaidade, joga luz em questões importantes sobre identidade e expõe a necessidade de se ter maior representatividade em todas as áreas” — explicou Amanda Sadi, gerente de Insights do Google BrandLab São Paulo ao Jornal O Globo.

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *