Dia da Mulher: não queremos flores

O "Dia da Mulher" é muito mais do que receber flores; é para a gente mostrar a nossa força diante a sociedade

dia-das-mulheres-nao-queremos-flores

Dia desses eu estava vendo os Stories da Luiza Junqueira, do canal Tá Querida e ela estava falando sobre o como o Dia da Mulher *não* é sobre receber flores, chocolates e parabéns. Mas sim um dia (ou um mês) em que devemos aproveitar a visibilidade que temos para lutar e mostrar nossa força. #semanadasmulheres

A partir disso comecei a refletir: se esse dia existe por conta das nossas (diversas) lutas sociais, políticas e econômicas, por que raios tratam como se fosse um dia para nos lembrar como a sociedade nos pinta de delicadas e frágeis?

Os presentes são sempre delicados, frágeis e estereotipados. Cara, a gente nem quer presente, a gente quer mesmo é que nossas vozes sejam ouvidas, quer parem de nos diminuir por ser mulher. Queremos não sofrer assédio por estar com uma roupa X, nem que ganhar menos por não ser homem. Nós queremos é igualdade, nós queremos que o machismo pare de nos matar, de nos encurralar.

Não vamos mais nos calar diante do feminicídio, nem dos abusos, nem de NADA. Não vamos mais nos calar. Somos fortes e juntas podemos enfrentar e conquistar muito mais coisas ainda, sem dúvida nenhuma! Mulheres não são inimigas, apesar da sociedade nos fazer crescer acreditando que devemos sempre competir entre nós. Nós somos amigas e precisamos apoiar umas as outras para aguentar essa sociedade machista e patriarcal.

Há alguns anos atrás não podíamos trabalhar, não podíamos votar, não podíamos ter opinião. Mulher tinha que cuidar da casa e dos filhos e coitada daquela que pensasse diferente, né? Mas AINDA BEM que tínhamos essas diferentes, que começaram uma revolução por nós. Tudo começou pequeno, engatinhando e olha todos os direitos que temos hoje, graças a união das mulheres.

Se me perguntam se na próxima vida eu quero ser homem ou mulher, todas as vezes eu responderei MULHER, tamanha a admiração que eu tenho por sermos tão fortes, mesmo quando tentam nos deixar tão frágeis.

Parabéns a todas as mulheres, por não desistirem, por estarem aqui e por se manterem tão firmes em meio a tempestade. Por serem fortes, mesmo quando o mundo inteiro grita que você é fraca. É persistir, mesmo quando você está no seu limite.

Um comentário

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *