Carta aberta à ex do atual

cartaabertaaex

Na sociedade em que vivemos, é natural e esperado nutrir rivalidade entre as mulheres. Isso começa na nossa infância, com as amigas da escola, com a família, muitas vezes até com a nossa mãe, e piora lá na frente; quando você, uma mulher adulta, se vê assombrada pelo passado do seu crush a ponto de odiar todas as mulheres que passaram por ele, muitas vezes sem sequer conhecê-las.

E se não bastasse odiar alguém de graça, a pessoa em questão precisa, de alguma forma, ser inferior à você. Seja na estética ou no intelecto, de algum jeito você vai assumir que ela não é uma boa pessoa ou que você é melhor que ela por n razões. Você já se perguntou qual a NECESSIDADE de odiar a ex do seu namorado? Mais do que isso: além de odiá-la, por que ela PRE-CI-SA ser inferior à você?

Imagina só: numa dessas stalkeadas, você pode notar – e ter uma dificuldade imensa em aceitar -, que ela é tão incrível quanto você. Isso não deveria ser um problema, afinal, seu boy é uma pessoa legal que atrai pessoas legais, vide você.

Veja também:  Coisas que não suportamos mais em apps de relacionamento

Ela pode ser mais engraçada. Ou mais inteligente. Ou até mais bonita. Mas a sintonia de dois seres humanos acontece por um conjunto de fatores e não apenas por uma qualidade isolada – coisa que nossa neurose insiste em nos fazer acreditar.

E tem mais: o namoro deles provavelmente não acabou porque ela é uma pessoa horrível. Se você não tivesse a obrigação de odiá-la, certamente poderiam ser amigas.
E se nada disso for suficiente para provar que odiar ex é uma grande bobagem, talvez esse lembrete te ajude:

ELA TÁ CAGANDO PRA VOCÊ!

Mesmo! Talvez ela tenha te stalkeado algumas vezes, cultivado um ódiozinho, mas passou no minuto que o fim da relação foi superado. A única que segue alimentando algo que faz mal e que só vai servir pra gerar brigas inúteis é você.

Veja também:  4 dicas de produtos essenciais para as mulheres

E eu falo isso com a maior propriedade porque já odiei muita gente. E mesmo com toda a desconstrução que tento praticar, ainda tenho uma dificuldade enorme em desencanar de algumas pessoas.

Se eu tiver haters, espero que elas cheguem até aqui. Espero que leiam e me desculpem pelo tempo que perderam pensando qualquer merda a meu respeito. Provavelmente acertaram numas coisas, mas no geral eu sou uma pessoa ótima.

E pra quem odiei e provavelmente ainda vou odiar, deixo aqui meu pedido de desculpas. No fundo, eu só sinto isso por reconhecer o mulherão da porra que existiu na vida do boy antes de mim.

Por fim, fica a sugestão: supera, miga! Perde tempo com bobagem, não. Abuse desse boyzão que agora você chama de seu. A ex teve o tempo dela, a vida andou  e agora é sua vez. Prioridades, né? 😉

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *